RESERVAS

Pelo fone: (51) 3029-8158

- Tolerância de 15 minutos a partir do horário de sua reserva.

- Para sexta e sábados só serão aceitas reservas até as 20:30.  

- As reservas devem ser efetuadas até as 11:00 do mesmo dia para o almoço e 17:00 para a noite. 

CONTATO

VAGAS

QUER FAZER PARTE?

ENVIE SEU CURRÍCULO!

administrativo@izakayadanjou.com.br

ver
blog
Please reload

Posts Recentes

10 erros mais comuns ao comer comida japonesa

January 29, 2018

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

O Lámen como você não conhecia

September 6, 2017

Você pode já ter ouvido falar sobre o Lámen, mas você sabia que este é um dos pratos mais representativos da gastronomia japonesa? E que vem ganhando cada vez mais popularidade nas grandes metrópoles do ocidente? Então, conheça um pouco mais!

 

O lámen começou a se popularizar no Japão ainda no século 17. O primeiro lámen surgiu através de um cozinheiro chinês, preparado para o samurai Mito Komon, mas não caiu no gosto popular. Apenas após inúmeras adaptações que, no início da Era Meiji (1868~1912), o prato ganhou adeptos e caiu nas graças dos japoneses.

 

A receita que se popularizou e é fundamentada por três elementos:

  • O Macarrão: Esse é o elemento que dá nome ao prato, já que “La” significa massa esticada e “men” significa macarrão. Seus ingredientes tradicionais de preparo são farinha de trigo, ovo e água. Mas o segredo está na água alcalina no qual é preparado e que é responsável por dar o sabor, a cor amarelada, a consistência firme além da característica escorregadia do macarrão.

  • O Caldo: O macarrão pode ser o elemento principal, mas a complexidade do prato está no caldo e no molho. O caldo é preparado com pelo menos quatro horas de cozimento de vegetais, alga kombu, asas de frango (opcionalmente ossos de porco) com um refogado de cebolinha e gengibre, retirando os ossos após a fervura. O molho pode variar, mas os seus temperos básicos são: sal (Shio-lámen), molho de soja (Shoyu-lámen) e pasta de soja (Misso-lámen).

  • Os Acompanhamentos: Assim como os temperos, os acompanhamentos são os elementos que possuem mais variações. Comumente os ingredientes adicionados como acompanhamento são ovos cozidos, cebolinha picada, horensou (espinafre japonês), broto de feijão, naruto (pasta de peixe cozida que tem o desenho de um redemoinho), tiras de menma (broto de bambu fermentado), alga wakame e alga nori. Geralmente, os restaurantes e bares especializados em lámen também oferecem complementos como alho tritutado (torrado ou cru), gergelim branco torrado, gengibre em conserva e óleo de gergelim apimentado.

O preparo do lámen é diferente em cada província japonesa, caracterizando-se pelos temperos e condimentos regionais utilizados no preparo do macarrão. Uma das versões mais conhecida é a de Tóquio, feita com um fino e ondulado macarrão, caldo temperado de shoyu e acompanhado de carne de porco, ovo cozido, espinafre japonês, entre outros.

No Japão, o prato é tema de diversos blogs especializados, revistas, aplicativos para celular, filmes (Tampopo e Ramenyori Taisetsunamono), programa de TV (Ramen Walker), participações em animes (Dragon Ball Z, Naurto, InuYasha) além de possuir até mesmo museus temáticos, como o Shiniokohama Ramen Museum localizado em Yokohama.

Em grandes metrópoles como Nova York, Londres e São Paulo, os restaurantes e bares especializados em lámen vêm ganhando cada vez mais espaço e adeptos. E Porto Alegre não poderia ficar de fora. Aqui o Danjou é a referência neste, e em muitos outros, pratos.

 

Venha experimentar! 

 

Referências utilizadas como curadoria foram Hashitag e o blog O Japão em Porto Alegre.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga