RESERVAS

Pelo fone: (51) 3029-8158

- Tolerância de 15 minutos a partir do horário de sua reserva.

- Para sexta e sábados só serão aceitas reservas até as 20:30.  

- As reservas devem ser efetuadas até as 11:00 do mesmo dia para o almoço e 17:00 para a noite. 

CONTATO

VAGAS

QUER FAZER PARTE?

ENVIE SEU CURRÍCULO!

administrativo@izakayadanjou.com.br

ver
blog
Please reload

Posts Recentes

10 erros mais comuns ao comer comida japonesa

January 29, 2018

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Wasabi: conheça sobre o cultivo desta planta japonesa e sua importância na culinária

January 3, 2019

Certamente você já ouvir falar ou até mesmo provou o wasabi, não é? Em diversos restaurantes de cultura japonesa ele está presente, marcando presença nos pratos. É um tempero em forma de pasta, que se caracteriza pelo seu gosto picante e forte.

 

 

Mas o que exatamente é o wasabi?

 

O wasabi deriva da planta wasabia japônica, planta cultivada nos frescos planaltos de Amagi, na península de Izu, Shizuoka, Hotaka e Nagano. É da mesma família do repolho e cresce á beira dos rios, em solos com boa permeabilidade e longe da influência solar forte. Segundo especialistas, é uma das plantas mais difíceis de serem comercializadas, pois o período de plantio até a colheita é demorado – até três anos. Além disso, são poucos lugares no Japão que oferecem as condições climáticas para que a raíz se estabeleça.

 

Por esses motivos, tornou-se uma especiaria de alto valor. Em algumas feiras no Japão, pode custar cerca de U$ 170 o quilo.

 

Para que mantenha o sabor original, a raspa da raíz de wasabi deve ser consumida em até 20 minutos. Dessa forma, restaurantes ao redor do mundo costumam usar varições de wasabi, utilizando a mistura de rábano e mostarda, ou de raíz forte (cultivada na Europa).

 

Utilização na culinária

 

A primeira utilização do wasabi no sushi, em particular no nigirizushi, foi no período Edo (1603), tendo sido um verdadeiro sucesso, sendo consumido também em outros pratos, como as massas e arroz ochazuke. Atualmente, é utilizado para acompanhar sushi e sashimi.

 

Segundo Sato, chef de cozinha japonês, o importante é ajustar a quantidade de wasabi. “Se for demais, destrói o sabor dos ingredientes. Se for muito pouco, não pode satisfazer os clientes. Quando a porção de wasabi se equilibra com os ingredientes, o sushi se torna extremamente delicioso”.

 

Benefícios para a saúde

 

A planta possui propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e calmantes para o estômago.  O Wasabi contém alil isotiocianato, um repelente natural que pode combater insetos encontrados nos alimentos. Além disso, suas propriedades nutricionais podem ajudar a aliviar os sintomas de diversos problemas de saúde tais como alergias, asma, câncer, inflamação e doenças neurodegenerativas, além de ajudar a dar um impulso ao sistema imunológico.

 

Também dizem que o consumo de wasabi ajuda a melhorar a circulação, reduzir o inchaço das articulações como artrite, além de combater doenças como osteoporose e do trato respiratório e cardiovascular. No entanto, vale lembrar que como costuma ser consumido em quantidades homeopáticas, nem sempre é possível usufruir de todos os seus grandes benefícios.

 

E você, aprecia o wasabi como acompanhamento do sushi? Conte para nós 😊

 

Fonte: Japão em Foco, Asahi, Mega Curioso

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga