top of page

Bonsai: a arte milenar de cultivar árvores em miniatura


Bonsai, que significa “árvore cultivada em bandeja ou vaso” é uma arte milenar asiática desenvolvida pelos chineses em 200 d.C e que chegou no Japão cerca de mil anos depois - durante o Período Kamakura (de 1.185 a 1.333). Seu cultivo pelos chineses está ligado a religião, pois acreditavam que a miniatuarização das árvores em vasos era um vínculo entre o céu e a terra, algo que estimulava a meditação.

Já no Japão, o cultivo de pequenas árvores se deu com viés mais artístico. Os japoneses passaram a ver o bonsai como uma expressão do homem, interpretando a natureza e, então, procurando recriar suas formas com a maior perfeição possível. Inicialmente, era uma prática realizada pela nobreza, mas que com o tempo, se disseminou.

Além de estar plantado em um pequeno vaso, o bonsai precisa ser uma réplica em miniatura de uma árvore real, simulando os padrões de crescimento, as marcas do tempo e a estrutura dos galhos. Por esse motivo, um bonsai com muitos anos de cultivo é muito mais valioso do que um jovem.

Seu cultivo exige uma série de cuidados para reproduzir as características de uma árvore grande. São necessárias podas constantes e adubação, além de doses de paciência e habilidades manuais. Além da sua beleza ímpar, em algumas lendas o bonsai representa boa sorte e prosperidade.

Algumas árvores que podem ser cultivadas como bonsai: Pinheiro japonês, Mini romã, Cerejeira, Jabuticaba, Primavera, Glicínia, Jequitibá, Flamboyant, Cipreste, Pitanga e Azalea.


428 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page